Home / Sem categoria / Exercícios funcionais na piscina

Exercícios funcionais na piscina

 Atualmente, são muitas as vantagens das aulas submersas, as quais vão desde a sensação falsa de não suar até o impacto baixo provocado. Assim, os exercícios funcionais na piscina são uma ótima opção para aqueles que apresentam problemas na articulação, na coluna, sobrepeso ou obesidade.

Normalmente, dentro da água existe uma força bastante grande chamada de empuxo, a qual é exercida para cima e que proporciona a sensação de leveza do corpo.

Dessa forma, dentro da piscina, com a água na altura do seu peito, você passa a pesar aproximadamente 30% do seu total, isto é, a carga nas suas articulações reduz em praticamente 70% e, por isso, mesmo com a resistência da água sendo maior que a do ar, a percepção de esforço é muito menor.

Conheça mais sobre os exercícios funcionais na piscina

Geralmente, no verão, realizar atividades na piscina acaba se tornando ainda mais agradável devido a temperatura da água ser menor que a do corpo. Assim, os exercícios funcionais na piscina vêm sendo bastante procurados, pois impulsiona a um enorme gasto de calorias.

Com isso, muitas academias e escolas de natação já estão oferecendo essa modalidade, os quais vão muito além da natação e da hidroginástica. Confira abaixo!

  • A Hidrobike é uma atividade para você pedalar dentro da piscina, o que garante maiores benefícios do que ao ar livre, pois com a resistência da água, a atividade faz com que os batimentos cardíacos sejam elevados, o que melhora o sistema cardiorrespiratório.

Além disso, tal força ainda beneficia muito os membros inferiores, os quais são os mais procurados durante 50 minutos de aula, porém não são somente eles que ganham. Tal exercícios é capaz de trabalhar o corpo todo, principalmente as pernas, glúteos e coxas.

  • Já o Hidrojump é uma aula que usa camas elásticas aquáticas, as quais enfatizam o trabalho dos membros inferiores, porém sem deixar de trabalhar o abdômen e a parte superior.

Nesse caso, na piscina, a água acaba impondo uma resistência em todos os sentidos dos movimentos, e com isso, se o indivíduo realizar força para frente, ele apresenta uma resistência, e se fizer para trás também.

Tal exercício se divide ainda em blocos de alongamento, aquecimento e treinamento de intensidade intervalado, onde o aumento dos batimentos pelo exercício, além ainda de melhorar o sistema cardiorrespiratório, ajuda muito ainda a queimar calorias.

  • O Jogging aquático já é conhecido como correr e caminhar sem ter que encostar os seus pés no chão, onde tal ideia da modalidade usa um colete flutuador que exercita o corpo sem causar qualquer tipo de impacto nas articulações.

Além disso, a prática ainda ajuda muito tanto o sistema cardiorrespiratório como a força, o que melhora muito o equilíbrio e a flexibilidade.

Portanto, o treinamento que inclui exercícios funcionais na piscina apresenta atividades como agachamentos, afundos, esteira aquática, pesos de musculação, entre muitos outros equipamentos que fazem parte dessa aula que praticamente levou para a água toda a teoria da prática realizado nas academias em solo.

Além disso, em cada uma das atividades, os alunos ficam cerca de um minuto, sempre mudando de intensidade, onde uma aula pode até mesmo chegar a eliminar cerca de 700 calorias. Assim, como cada dia mudam os exercícios, o corpo todo acaba sendo beneficiado. Acesse Já Pratique Fitness

Sobre rafael

Veja Também

Aula de spinning perde barriga?

A academia é um lugar perfeito para perder peso e praticar esportes variados. Sabendo disso, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *