Home / Hidroginástica / A hidroginástica na gravidez

A hidroginástica na gravidez

A hidroginástica na gravidez pode ser uma atividade muito benéfica, tanto para a gestante, quanto para o feto. Afinal, é uma atividade muito saudável e exercitar-se é uma etapa importante para se preparar para o parto.

No entanto, também é preciso estar sempre atenta e seguir as recomendações do médico para não gerar nenhuma complicação. E, no final de tudo, pode ser que a hidroginástica traga bons resultados para a gestante.

Mas, como saber qual o período certo para praticar hidroginástica durante a gestação? É seguro praticar hidroginástica durante a gravidez? Quais são os benefícios? Vamos discutir tudo isso e um pouco mais aqui neste artigo.

Como funciona a hidroginástica na gravidez?

A hidroginástica na gravidez é uma atividade bastante saudável, principalmente porque é de baixo impacto, e isso torna tudo ainda mais fácil na hora de se exercitar. As aulas são tranquilas e os movimentos não machucam o bebê.

Além disso, existem exercícios especiais que podem ser realizados pelas gestantes durante as aulas, e que incluem materiais de apoio para facilitar a tarefa.

As aulas são ministradas por um instrutor ou professor, que ensina os movimentos e incentiva os alunos a se exercitarem durante alguma música ou som – o que á bastante comum nas aulas de hidroginástica.

E, por fim, a hidroginástica na gravidez pode trazer uma série de benefícios. Afinal, ela é até mesmo recomendada por alguns médicos obstetras e ginecologistas. Conheça um pouco mais sobre esse assunto a seguir.

Por que fazer hidroginástica na gravidez?

A hidroginástica na gravidez é extremamente benéfica, e, por isso, deve sim ser experimentada durante a gravidez, principalmente se a aluna já costumava frequentar aulas de natação ou de hidroginástica antes da gestação.

De qualquer forma, mesmo sendo uma atividade de baixo impacto e bastante benéfica, é imprescindível consultar um médico antes de iniciar ou continuar as aulas, pois, se houver algum risco, ele poderá lhe dizer.

Mas, normalmente, não existem muitos riscos, apenas deve-se tomar o cuidado de não aplicar tanta força no abdômen e não envolver a barriga com qualquer material.

Veja, a seguir, os principais motivos pelos quais você deveria experimentar a hidroginástica na gravidez:

  • Baixo impacto – como já foi dito, a hidroginástica é uma atividade de baixo impacto, o que não traz riscos para o bebê durante os exercícios, diferente da maioria dos outros esportes;
  • Alívio de dores – ao praticar hidroginástica, a gestante consegue aliviar as dores relacionadas à gravidez, principalmente as primeiras contrações;
  • Redução de inchaço – além do alívio de dores, ocorre ainda a redução do inchaço que normalmente é frequente nos tornozelos, joelhos e pernas, já que o exercício físico ativa a circulação dos fluídos e até mesmo previne varizes;
  • Menor ganho de peso – assim como ajuda com o inchaço, a hidroginástica também evita o ganho excessivo de peso que é muito recorrente na gravidez;
  • Mais energia – a atividade promove mais energia para a gestante, melhorando seu bem-estar e qualidade de vida durante a gravidez;
  • Melhora do humor – por fim, o exercício também provoca a melhor do humor, estresse, enjoos e todos os outros pontos negativos da gestação.

Como saber se eu devo fazer hidroginástica na gravidez?

Para saber se você deve praticar hidroginástica na gravidez, o ideal é conversar com o seu médico, para que ele possa examiná-la e descobrir se existe algum risco ou vulnerabilidade.

Além disso, vale lembrar que é essencial manter uma boa alimentação e também boas noites de sono, aliadas aos exercícios. Essa é a única forma de garantir uma gravidez mais saudável.

Portanto, não deixe de conversar com o seu médico e experimentar a hidroginástica na gravidez!

Sobre rafael

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *